11 de agosto de 2017

"Foi um excelente jogo e durante 70' tivemos o controlo"


"Sofrimento no final? Foi o estado anímico. Não entrámos bem, mas com mérito do adversário que nos criou dificuldades no início, foram superiores. A partir dos 15' começámos a equilibrar e a criar oportunidades. O segundo golo foi um hino às jogadas coletivas. Estivemos até mais perto do 4-0, com situações flagrantes que não marcámos e depois quando o Chaves marcou ficámos algo perturbados. Acabámos intranquilos. Mas foi um excelente jogo e durante 70' tivemos o controlo."

"Teve a ver com a nossa agressividade, sempre muito pressionantes e a ocupar bem o espaço. Queria salientar também o nosso apoio, foi pena acabar com 3-2, podia ter sido muito mais agradável. Faz parte do crescimento, aprendemos com os erros. Mas parabéns à minha equipa, tal como às outras. As três equipas estiveram muito bem. Jogaram jovens na nossa equipa. Temos ambiente saudável que ajuda a adaptação."

"Mexidas até ao fim do mês? Espero que não."

Resumo: Vitória SC 3-2 GD Chaves

10 de agosto de 2017

9 de agosto de 2017

Antevisão ao Chaves



Momento da equipa: "Evolução crescente, a equipa reagiu bem à derrota na Supertaça. Temos muita juventude e uma espinha dorsal da época passada. Queremos entrar bem, frente aos nossos adeptos e a equipa bem orientada. Tenho registado um crescimento da nossa equipa, isso dá-me otimismo".

Análise ao adversário: "O Chaves tem jogadores experientes e vão lutar pelos lugares cimeiros, de certeza. Prevejo jogo de qualidade, tal como os da época passada".

Supertaça: "Não estamos feridos no orgulho, mas tristes porque fizemos tudo para ganhar. Agora estamos num patamar diferente, num processo de evolução".

Erros defensivos na Supertaça: "Estaria se fosse organização defensiva, mas foram erros individuais. Temos vários jogadores jovens e estamos a trabalhar para melhorar".

Pedro Henrique apto?: "Está a treinar, mas vamos ver se pode jogar".

Reforços a caminho: "Até 31 de agosto, tudo pode acontecer. Estou muito satisfeito com o grupo, acredito no potencial de vários jogadores. Temos gente para agarrar as oportunidades. Estou muito satisfeito. Fala-se em tanta coisa. Isso é com a administração".

Phakamani decidido em breve


Dalbert rendeu dois milhões


Marcos Valente espreita estreia

Foto: MoveNotícias

Jubal negociado para reforçar eixo defensivo


Estupiñan pode avançar


8 de agosto de 2017

6 de agosto de 2017

"Não desistimos e batemo-nos olhos nos olhos"


"Acho que assistimos a duas partes distintas. O Benfica foi mais forte na primeira parte e pagamos caro a entrada em jogo, que sabíamos que eles iam entrar forte. O golo no final da primeira parte deu-nos alento e na segunda parte estivemos por cima, tivemos oportunidades para empatar e contra a corrente o Benfica matou o jogo. Há que realçar a atitude, não desistimos e batemo-nos olhos nos olhos"

"Acho que o Vitória é isto, todos os anos lança jovens, com qualidade. Hoje eles demonstraram que estão preparados e agora é preparar para quinta-feira, frente ao Desp. Chaves, para fazer um excelente jogo"

"Vamos fazer uma grande época, não tenho dúvidas."


"Foi um grande jogo, num encontro de ataque, com duas equipas à procura da vitória. A partir dos 30 minutos, acreditámos que seríamos capazes e melhorámos. Até lá, algumas dúvidas na cabeça de alguns jogadores, mas depois as coisas melhoraram. Na segunda parte estivemos em grande nível, muito próximos do empate. Mais próximos do 2-2 do que o Benfica do golo. No entanto, um erro contra estas equipas pode traçar o destino do jogo e foi o que aconteceu. Isso fez toda a diferença"

"Vamos fazer uma grande época, não tenho dúvidas. Quando estivermos todos prontos e preparados, com uma ou outra situação de mercado resolvida, assim como alguns problemas físicos, vamos fazer uma excelente temporada. O grupo tem sido incrível, trabalhado muito bem. Será uma grande época, tenho a certeza"

"Os adeptos foram incríveis. Em muitos momentos fizeram-se ouvir apesar de estarem em menor número. Vamos trabalhar, isto é para eles. Vamos encarnar o espírito do Vitória, da sua gente e da alma deste clube"